Sexta, 19 de Julho de 2024
15°C 32°C
Barra do Garças, MT

Polícia mata mais 3 criminosos em MT; todos com passagens criminais

A polícia procura pelo quarto suspeito que escapou. O caso é investigado pela Polícia Civil, que junto com a Politec foi ao local e, após análise, encaminhou os corpos para o IML.

11/06/2024 às 09h03 Atualizada em 11/06/2024 às 15h11
Por: Redação Fonte: por José Carlos Araújo
Compartilhe:
PM de MT
PM de MT

Três dos mortos no confronto com a Polícia Militar, ontem à noite, em Tangará da Serra (239km de Cuiabá), após planejarem um roubo na cidade, segundo informações da Polícia Militar. Os três foram identificados e tem fichas extensas de vários crimes graves praticados na cidade.

 

Depois de troca de informações os policiais do 19º Batalhão conseguiram chegar até um grupo de suspeitos, que acabaram presos. Em diligências, descobriram uma casa onde os criminosos estavam escondidos, na rua 80 do bairro Jardim Tarumã. No local, os policiais flagraram os 5 suspeitos armados, que atiraram contra a equipe.

 

Neste momento, quatro suspeito foram baleados e um escapou, segundo a PM. No local, a PM apreendeu 3 revólveres, sendo dois calibres 32 e um calibre 38, além de uma pistola. Também foi apreendido 7 porções de maconha, uma de pasta base de cocaína e R$ 428.

 

Juntos, segundo a polícia, os criminosos são acusados de participar de ao menos 47 crimes na cidade. Só um dos criminosos é apontado como suspeito em 22 homicídios. Kauã Vinícius Ferreira de 17 anos é suspeito em 25 crimes, sendo um por roubo, outro por tráfico, formação de quadrilha e 22 homicídios. Luan Marlon Miranda Souza Gomes, de 21 anos, é apontado como suspeito em vários crimes, sendo 8 por tráfico de drogas, dois de ameaça, além de roubo, um homicídio, formação de quadrilha e porte ilegal de arma. 

 

Por fim, Elielton Oliveira dos Santos, de 18 anos, tem duas passagens criminais por roubo e outra por tráfico. Ambas no ano de 2022, quando ainda era menor. 

 

A polícia procura pelo quarto suspeito que escapou. O caso é investigado pela Polícia Civil, que junto com a Politec foi ao local e, após análise, encaminhou os corpos para o IML.

Lenium - Criar site de notícias