Quinta, 19 de Maio de 2022 15:21
Polícia INVESTIGAÇÃO

Autores de homicídios em Rondonópolis são indiciados pela Polícia Civil

O crime ocorreu no último dia 29 de abril, na Rua Domingos de Lima, na área central da cidade.

13/05/2022 08h24
575
Por: Redação Fonte: Letícia Lottermann com Assessoria da PJC
reprodução
reprodução

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Rondonópolis (212 km de Cuiabá) indiciou nesta semana dois autores de crimes contra a vida ocorridos nos meses de fevereiro e abril deste ano, na cidade.

 

Um dos inquéritos concluídos e remetidos ao Poder Judiciário apurou o homicídio de Hamilton Pereira de França, 36 anos. O crime ocorreu no último dia 29 de abril, na Rua Domingos de Lima, na área central da cidade, quando a vítima foi atingida no abdômen por golpes de faca causados pelo investigado, de 41 anos.

 

Hamilton chegou a ser socorrido, mas foi a óbito em razão dos ferimentos sofridos. O autor do crime foi preso e autuado em flagrante. Ele segue detido e foi indiciado pela DHPP pelo homicídio qualificado.

 

A investigação apurou que a vítima e o autor eram pessoas em situação de rua e ambos tiveram uma discussão antes do fato. Quando foi preso, o indiciado negou a autoria do crime, mas testemunhas ouvidas o apontaram como a pessoa que desferiu os golpes na vítima.

 

Homicídio em fevereiro

O outro inquérito concluído apurou o homicídio de Dilson Corrêa dos Santos, de 42 anos, ocorrido na manhã do dia 12 de fevereiro deste ano, no Residencial Conquista.

 

No dia do fatos, Dilson foi até a residência de uma ex-namorada e ao chegar, sacou uma arma e fez dois disparos contra um homem de 31 anos que estava na casa, o atingindo no tórax. Outro rapaz que estava na casa entrou em luta corporal com Dilson e a arma de fogo caiu no chão. A ex-namorada de Dilson, então, pegou a arma e fez dois disparos contra ele, que foi a óbito ainda no local.

 

A autora dos disparos foi encaminhada à delegacia e ouvida. Com a conclusão do inquérito, ela foi indiciada pelo homicídio, mas está em liberdade.

Ele1 - Criar site de notícias