Quinta, 19 de Maio de 2022 15:24
Polícia operção A

Operação cumpre mandados contra associação criminosa envolvida em roubos e extorsão em Mirassol d’Oeste

Durante o cumprimento dos mandados de busca, os policiais civis apreenderam quatro armas de fogo (2 pistolas e 2 carabinas).

13/05/2022 07h24
522
Por: Redação Fonte: Redação kb2notícias com assessoria
reprodução
reprodução

Dois adolescentes, um adulto, armas de fogos e centenas de munições foram apreendidas na deflagração da Operação Furantur, na quinta-feira (12), coordenada pela Delegacia da Polícia Civil em Mirassol d'Oeste.

 

Os mandados foram expedidos pela 3ª Vara Criminal e integram as investigações da Polícia Civil para apurar uma associação armada envolvida em crimes de roubo e extorsão no município.

 

Foram cumpridos dois mandados de apreensão contra adolescentes identificados nas investigações, além de um mandado de prisão temporária de um adulto. Durante o cumprimento dos mandados de busca, os policiais civis apreenderam quatro armas de fogo (2 pistolas e 2 carabinas) e mais de 400 munições de diversos calibres.

 

Investigação de latrocínio

A operação é resultado da investigação sobre o roubo seguido de morte ocorrido no dia 1o de maio que vitimou uma moradora do assentamento Silvio Rodrigues, na região rural de Mirassol d'Oeste. Elenira Francisca da Silva, de 47 anos, foi encontrada no barracão da associação dos assentados, ferida fatalmente com disparos de arma de fogo.

 

Durante a apuração sobre o latrocínio, a equipe da Delegacia de Mirassol d'Oeste prendeu em flagrante dois suspeitos pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo e extorsão, em um sítio da região do assentamento Silvio Rodrigues. Um deles estava com uma arma de fogo com numeração suprimida. Os suspeitos são investigados por praticar extorsão contra moradores para que as vítimas abandonassem os sítios no assentamento.

 

A partir da análise dos elementos colhidos na apuração do crime, a Polícia Civil identificou a associação criminosa armada. Com o aprofundamento das investigações, foi deferido pelo juízo da 3ª Vara Criminal os mandados de prisão, de buscas e apreensões. Os dois adolescentes tiveram a internação provisória decretada pela Justiça.

 

O grupo criminoso que atuava no assentamento utilizava o armamento que foi apreendido para a realização de outros crimes, que são objeto de investigação pela Delegacia de Mirassol d'Oeste”, explicaram os delegados Matheus Prates e Marcelo Menezes.

Ele1 - Criar site de notícias